PL do Marcelo Ramos entre as prioridades do Governo em 2022

Proposta do parlamentar visa a regulamentação do mercado de carbono brasileiro

O vice-presidente da Câmara, deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM) oficializou, nesta quarta-feira (9/2), sua filiação ao Partido Social

O governo federal publicou a portaria no. 677 em que listou as 45 propostas legislativas que serão objeto das prioridades para o ano de 2022. Na agenda, assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, consta o projeto de Lei no.528/21, de autoria do deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM), que propõe a regulamentação do mercado de carbono brasileiro. O PL já foi aprovado pelas comissões especiais da Câmara, e chegou a ser pautado, mas sua análise em plenário ainda está pendente.

“Com a publicação desta portaria, acredito que a Câmara aprovará neste ano meu projeto, que cria o mercado regulado de carbono. Até porque o mercado voluntário cresce uma vez que é crescente o desejo de responsabilidade socioambiental das empresas, que buscam a valorização de suas ações na bolsa”, disse Ramos. De outro lado, o projeto garantirá a geração de renda com a floresta em pé, em benefício das populações de onde os créditos de carbono forem negociados.

Segundo o parlamentar, o projeto de lei, apensado ao PL 290/20, já tem o apoio dos setores produtivos, do mercado, dos governadores e de muitos parlamentares. “Isso porque decidimos pela não taxação das empresas, mas por uma definição de metas, do sistema cap-and-trade, que permite a compra de créditos de carbono por quem emite acima da meta e a venda de créditos para os que emitem abaixo da meta”, explica Marcelo Ramos.

Buscar

Compartilhe os artigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Confira algumas análises

Dê um like no Facebook