Com aumento da pobreza, Marcelo Ramos prioriza emendas à área social

Entre individuais e de bancada, foram destinados de R$ 51,1 milhões para cestas básicas e restaurante popular

Diante de um cenário em que o país volta ao mapa da fome, em que as pessoas em situação de insegurança alimentar somam mais de 84 milhões, 41% da população, o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, destinou a maior parte de suas emendas parlamentares – R$ 27 milhões das individuais mais R$ 24 milhões de bancada – para a assistência social do Amazonas.

“Em situação de insegurança mais grave, o Brasil registra 20 milhões de pessoas. Nesse momento, é preciso que os homens públicos e a sociedade como um todo se mobilizem. Há anos não vivemos uma situação como essa, por isso destinei tantos recursos para assistência social”, revelou Ramos.

Ao participar de uma confraternização com servidores da Secretaria de Assistência Social do Amazonas, Seas, ao lado da secretária Alessandra Campelo, Marcelo Ramos informou que são R$ 15 milhões destinados às Secretarias dos municípios e mais R$ 12,1 milhões para a Seas.

“São 51,1 milhões de reais para compra de cestas básicas, manutenção de restaurante popular, construção de CRAS e CREAS, entre outras ações. Evito perder tempo com disputas políticas e eleitorais porque escolhi trabalhar pelo que realmente importa. Em busca de resultados que façam a diferença na vida das pessoas”, resumiu Marcelo Ramos.

Buscar

Compartilhe os artigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Confira algumas análises

Dê um like no Facebook