Congresso aprova PLN para retomada de programas emergenciais de manutenção dos empregos

Presidida pelo amazonense Marcelo Ramos, sessão de ontem votou projeto que abre espaço para Pronampe e BEM

O Congresso Nacional aprovou nesta segunda-feira (19) o PLN 2/21, que faz mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para permitir \a abertura de crédito extraordinário destinado a programas emergenciais que buscam a manutenção dos empregos na pandemia por meio da redução de salário e jornada na iniciativa privada e apoio a micro e pequenas empresas.

“Entregamos ao povo brasileiro o PLN do Congresso Nacional que permitirá a retomada de iniciativas importantes para a manutenção dos empregos e das micro e pequenas empresas, que poderão adquirir créditos e juros subsidiados. Uma honra para mim poder presidir o Congresso nesse momento”, disse o vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos, que preside o Congresso na ausência do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Com a aprovação do projeto, o Ministério da Economia anunciou que, destinará, nos próximos dias, R$ 10 bilhões para o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) e mais até R$ 5 bilhões para o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

A aprovação do projeto permitirá a sanção do Orçamento de 2021, retirando a exigência de compensações para gastos de despesas temporárias. O prazo para sanção da proposta orçamentária termina nesta quinta-feira (22).

Acompanhe o trabalho doMarcelo Ramos

    Buscar

    Compartilhe os artigos

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no telegram

    Confira algumas análises

    Dê um like no Facebook