Câmara aprova ampliação de pagamento de auxilio emergencial para mais categorias

Deputado Marcelo Ramos diz que medida é vitória para os trabalhadores informais

Deputado Marcelo Ramos diz que medida é vitória para os trabalhadores informais

A Câmara dos deputados aprovou, de forma simbólica, a ampliação do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, que passará a incluir pescadores, esteticistas, ambulantes, entre outras categorias, o que significa a adesão de mais de 77 milhões de pessoas no acesso ao benefício.

Para o vice-líder do PL, deputado federal Marcelo Ramos, milhões de pessoas estavam de fora do auxílio. “São pessoas que já atravessam muitas dificuldades por conta da crise e que passam a contar com esse benefício, que passa a incluir mais vinte categorias de trabalhadores informais”, disse.

A medida modificou o que o Senado havia aprovado, e, portanto, terá de retornar para nova análise dos senadores. Só depois poderá ir à sanção presidencial.

Também foi aprovado destaque que permite o pagamento a beneficiários com CPF ou título de eleitor de irregular. Neste caso, para o cadastro, deve ser usado um documento de registro civil, como carteira de identidade ou de trabalho ou certidão de nascimento ou de casamento.

Acompanhe o trabalho doMarcelo Ramos

    Buscar

    Compartilhe os artigos

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no telegram

    Confira algumas análises

    Dê um like no Facebook